• LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA - LICENCIATURA
  • CALENDÁRIO
NOME DO CURSO LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA NÍVEL GRADUAÇÃO GRAU LICENCIATURA INICIO DO CURSO 08/2001 CONCEITO DO CURSO ENADE:3 CEE/AM:3 PERIODICIDADE SEMESTRAL INTEGRALIZAÇÃO 8 PERÍODOS
SELECIONE O MUNICÍPIO
UNIDADE ESCOLA NORMAL SUPERIOR
TURNO MATUTINO MODALIDADE MODULAR NÚMERO DE CRÉDITOS 154 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 3020 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
TURNO MATUTINO MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 154 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 2930 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
TURNO VESPERTINO MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 154 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 2930 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
TURNO VESPERTINO MODALIDADE MODULAR NÚMERO DE CRÉDITOS 73 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 1200 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? SIM CÓDIGO DO INEP
TURNO INTEGRAL MODALIDADE PRESENCIAL MEDIADO NÚMERO DE CRÉDITOS 82 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 1065 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? SIM CÓDIGO DO INEP
TURNO NOTURNO MODALIDADE MODULAR NÚMERO DE CRÉDITOS 73 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 1200 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? SIM CÓDIGO DO INEP
TURNO NOTURNO MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 154 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 2930 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
  • Periódicos da CAPES
  • Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

APRESENTAÇÃO

SOBRE O CURSO Curso de Licenciatura em Letras - Língua Portuguesa tem o seu currículo organizado de forma a garantir a formação e a qualificação do Licenciado ao exercício pleno da docência em Língua Portuguesa, na Educação Básica, sob a visão do seu papel social de educador e capaz de atuar em diferentes realidades do contexto educacional e contribuir no processo de ensino-aprendizagem.
ÁREAS DE ATUAÇÃO O Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Letras - Língua Portuguesa tem o seu currículo organizado de forma a garantir a formação e a qualificação do Licenciado ao exercício pleno da docência em Língua Portuguesa, na Educação Básica, sob a visão do seu papel social de educador e capaz de atuar em diferentes realidades do contexto educacional e contribuir no processo de ensino-aprendizagem capaz de:
a) compreender o papel da escola e do professor de Língua Portuguesa enquanto agentes de cidadania no grupo social de que são parte;
b) refletir sobre a linguagem como um fenômeno complexo, unindo elementos semiológicos, psicológicos, sociais e históricos;
c) compreender crítica das condições de uso da linguagem, ou seja, das restrições intra- e extrassistêmicas desse uso nas diversas situações de comunicação;
d) dominar o uso da língua portuguesa em sua variedade padrão, nas modalidades oral e escrita;
e) compreender científica das variedades linguísticas do Português, nas suas manifestações oral e escrita, nas perspectivas sincrônica e diacrônica;
f) valorizar a variedade linguística amazônica, enquanto bem cultural;
g) ter ampla e compreensão da multiplicidade literária e cultural da Amazônia;
h) dominar conteúdos teórico e descritivo dos componentes fonológico, morfológico, sintático e semântico da Língua Portuguesa;
i) dominar diferentes concepções de gramática, bem como uma compreensão ampla acerca da gramática tradicional, incluindo aí sua historicidade e suas relações com a Linguística;
j) dominar as teorias vigentes nas investigações linguísticas e literárias e postura crítica em relação a elas;
k) dominar um repertório significativo de obras da literatura de Língua Portuguesa, especialmente da brasileira;
l) dominar conteúdos básicos que são objeto dos processos de ensino e aprendizagem nas aulas de Língua Portuguesa no Ensino Fundamental e Médio.


PERFIL DO PROFISSIONAL O Profissional egresso do curso de Licenciatura em Letras, na modalidade de ensino presencial mediado por tecnologia, deverá ter as seguintes competencias e habilidades: *Comprometimento com os valores norteadores da sociedade democrática; * Compreensão do papel da escola e do professor de Língua Portuguesa enquanto agentes de cidadania no grupo social de que são parte; * Comprometimento com a ética, com a responsabilidade social e educacional e com as consequencias politicas de sua atuação no mundo do trabalho; * Capacidade de reflexão sobre a linguagem como o fenomeno complexo, unindo elementos semiológicos, psicológicos, sociais e históricos; * Compreensão critica das condiçoes de uso de linguagem, ou seja, das restrições intra- e extrassintrecas desse uso nas diversas situaçoes de comunicação.
SITUAÇÃO LEGAL ATO DE CRIAÇÃO: Decreto Estadual 21.963, de 27 de junho de 2001, publicado no DOE em 27/06/2001.

ATO DE RECONHECIMENTO: Resolução nº 69/2008-CEE, datada de 19/08/2008, publicado no DOE de 12/02/2009, que reconheceu o Curso funcionando nos três Centros de Estudos Superiores: Parintins, Tabatinga e Tefé. Em Manaus o Curso encontra-se com Reconhecimento Provisório através da Resolução nº 104/2007-CEE, de 18/09/2007, publicada em 03/10/2007. Em Itacoatiara o PPC encontra-se tramitando no CONSUNIV com vista à fixação do currículo.

COORDENAÇÃO
NOME E-MAIL CARGO FONE FAX
ANA LETICIA FERREIRA DE CARVALHO ALETICIA@UEA.EDU.BR COORDENADORA - CSTB
MANOEL DOMINGOS DE CASTRO OLIVEIRA MDOMINGOS@UEA.EDU.BR COORDENADOR - CEST / NESJA (97) 99188-0419
MARCOS ROBERTO DOS SANTOS MRDSANTOS@UEA.EDU.BR COORDENADOR - CESIT / CESP 98100-9318
SILVANA ANDRADE MARTINS SMARTINS@UEA.EDU.BR COORDENADOR 99336-8114
VALTEIR MARTINS VMARTINS@UEA.EDU.BR COORDENADOR - ENS