• METEOROLOGIA - BACHARELADO
  • CALENDÁRIO
NOME DO CURSO METEOROLOGIA NÍVEL GRADUAÇÃO GRAU BACHARELADO INICIO DO CURSO 03/2006 CONCEITO DO CURSO ENADE:CURSO AINDA NÃO AVALIADO CEE/AM:AGUARDANDO RESULTADO PERIODICIDADE SEMESTRAL INTEGRALIZAÇÃO 8 PERÍODOS
SELECIONE O MUNICÍPIO
UNIDADE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA
TURNO MATUTINO MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 183 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 2985 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
TURNO VESPERTINO MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 183 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 2985 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
TURNO INTEGRAL MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 183 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 2985 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
  • Periódicos da CAPES
  • Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

APRESENTAÇÃO

SOBRE O CURSO Objetivo Geral

O curso de graduação em Meteorologia, modalidade bacharelado, tem por objetivo precípuo formar profissionais de nível superior neste campo de conhecimento visando atender as demandas de mercado, o desenvolvimento científico e tecnológico da região e do país, assim como uma melhor integração entre a pesquisa, o ensino e a extensão, na área do referido.

Objetivos Específicos

• Construir os elementos que possibilitem aos alunos compreenderem a importância e a articulação da meteorologia com outros campos de conhecimento científico e tecnológico;

• Estimular o aluno para o desenvolvimento de pensamento reflexivo, aperfeiçoando sua capacidade investigativa e solucionadora de problemas;

• Dotar o aluno de uma visão sistêmica fundamentada no domínio integrado de conhecimentos técnicos necessários para empreender a gestão de projetos ambientais em micro e macro escalas, de natureza meteorológica;

• Proporcionar aos alunos meios adequados para que, além da formação básica possam tornar-se especialistas em suas áreas de interesse;

• Possibilitar que o discente, em forma temática, tenha acesso ágil às inovações científicas e tecnológicas recentes e futuras, em especial àquelas vinculadas à ciência meteorológica;

• Proporcionar a formação profissional voltada não só para atuação em atividades técnicas, como também em atividades de pesquisa e extensão;

• Instigar o aprendizado dos procedimentos e das técnicas e o manuseio apropriado dos recursos tecnológicos aplicados na prática profissional;

• Estimular o relacionamento do aluno com empresas, centro de pesquisas dos diversos segmentos de atuação do profissional em bacharelado em meteorologia, através de estágios;

• Enfatizar a importância de consideração dos aspectos ambientais dos projetos, orientando para a prática profissional focada no desenvolvimento sustentável, levando em conta os interesses das atuais e futuras gerações;

• Exercitar a autonomia no aprender buscando constantemente o aprimoramento profissional através da educação continuada;

• Fortalecer às políticas de formação de recursos humanos especializados no Estado do Amazonas.

ÁREAS DE ATUAÇÃO O Bacharel em Meteorologia está habilitado a trabalhar em diferentes órgãos: Centros de previsão do tempo e de estudos climáticos; Centros de pesquisas agropecuárias; Instituições de ensino e pesquisa em Meteorologia; Órgãos operacionais específicos de aplicação da Meteorologia em tráfego aéreo e marítimo; Órgãos operacionais de Meteorologia em: Previsão e observação do tempo, planejamento, manutenção, controle e formação de pessoal; Empresas de construção (planejamento e conforto ambiental); Serviços de consultoria técnica, entre outros.
PERFIL DO PROFISSIONAL Guardadas as condições previstas na Lei 6.835, de 14 de outubro de 1980, o exercício da profissão do Meteorologista é livre em todo território nacional. O Bacharel em Meteorologia está habilitado a atuar em diversos setores do mercado de trabalho no âmbito das áreas: ambiental, agro-industrial e recursos hídricos, podendo o profissional trabalhar como autônomo, ou como assalariado em empresas, centro de pesquisas ou ainda integrar equipes de estudos multidisciplinares de pós-graduação, desenvolver pesquisas e extensão em meteorologia e atuar no ensino superior. As funções do Bacharel em Meteorologia são:

• Dirigir órgãos, serviços, seções, grupos e setores de Meteorologia em instituições públicas;

• Estudar e pesquisar os fenômenos atmosféricos e suas modificações para solucionar problemas relacionados com o tempo e realizar previsões;

• Pesquisar e avaliar recursos naturais na atmosfera;

• Introduzir técnicas, métodos e instrumental em trabalhos de Meteorologia;

• Dar pareceres técnicos de Meteorologia relacionados com outras ciências;

• Elaborar estudos e relatórios de impacto ambiental;

• Assessorar análises de composto ambiental e meio ambiente;

• Interpretar as interações entre oceano e atmosfera nas diversas escalas de tempo e de espaço;

• Gerar e interpretar informações meteorológicas e climatológicas para finalidade e agropecuária;

• Pesquisar, planejar e dirigir a aplicação da Meteorologia nos diversos campos de atividades humanas.

SITUAÇÃO LEGAL ATO DE CRIAÇÃO: Lei Delegada nº 42, de 29/07/2005, publicada no DOE em 29/07/2005.

ATO DE RECONHECIMENTO: Resolução Nº 148/2014 – CEE/AM, de 12/11/2014, publicada no DOE de 13/01/2015.

COORDENAÇÃO
NOME E-MAIL CARGO FONE FAX
JAMILE DEHAINI JDEHAINI@UEA.EDU.BR COORDENADORA (092) 3878-4333