• SEGURANÇA PÚBLICA E DO CIDADÃO - BACHARELADO
  • CALENDÁRIO
NOME DO CURSO SEGURANÇA PÚBLICA E DO CIDADÃO NÍVEL GRADUAÇÃO GRAU BACHARELADO INICIO DO CURSO 08/2002 CONCEITO DO CURSO ENADE:CURSO AINDA NÃO AVALIADO CEE/AM:AGUARDANDO RESULTADO PERIODICIDADE SEMESTRAL INTEGRALIZAÇÃO 6 PERÍODOS
SELECIONE O MUNICÍPIO
UNIDADE ESCOLA SUPERIOR DE CIENCIAS SOCIAIS
TURNO MATUTINO MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 303 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 5040 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP 63317
TURNO VESPERTINO MODALIDADE PRESENCIAL NÚMERO DE CRÉDITOS 303 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 5040 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
  • Periódicos da CAPES
  • Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

APRESENTAÇÃO

SOBRE O CURSO O Curso de Segurança Pública e do Cidadão, na modalidade bacharelado, permiti a formação de um oficial responsável pela aplicação da lei, mas, contudo, com “atenção particular às questões de ética policial e de direitos do homem, em particular no âmbito da investigação, aos meios de evitar a utilização da força ou de armas de fogo, incluindo a resolução pacífica de conflitos, ao conhecimento do comportamento de multidões e aos métodos de persuasão, de negociação e mediação, bem como aos meios técnicos, tendo em vista limitar a utilização da força ou de armas de fogo”, de modo a atender ao Princípio de nº 20 da Declaração dos Princípios Básicos sobre Utilização de Arma de Fogo pelos Funcionários responsáveis pela Aplicação da Lei, adotados pela ONU.
ÁREAS DE ATUAÇÃO O Bacharel em segurança pública e do cidadão, no exercício profissional, poderá assumir todas as atividades previstas na Lei no 1.154, de 19 de dezembro de 1965 (Estatuto da Polícia Militar do Amazonas – PMAM).
PERFIL DO PROFISSIONAL O perfil para o futuro oficial será com base em sólida formação teórica, capacidade analítica, espírito criativo, para atuar em um contexto de agudas turbulências, e que tenham o foco voltado para o cidadão, para a sociedade, portadores de alta sensibilidade para as questões inadiáveis como a perpetuação da espécie e sobrevivência do planeta e deverá possuir como competências básicas:

a) Atuar na segurança pública e do cidadão, dominando sólidos conhecimentos que os tornem capazes de compreender a diversidade de cenários e agir concernente com as normas legais nacionais e internacionais, notadamente as que se referem aos Direitos Humanos;

b) Possuir facilidade de apreensão, flexibilidade de raciocínio, objetividade, método/senso de organização, capacidade de observação, faculdade de expressão oral e escrita, capacidade de interpretação, caráter responsável, capacidade para prevenir e adaptar-se a novas situações, percepção discriminativa e diferencial, reação rápida a estímulos, estabilidade emocional, capacidade de direção, coordenação, iniciativa, sociabilidade, memória associativa de nomes, fatos e fisionomias, discrição acentuada em assuntos confidenciais, vigor físico, eficiência sob esforço físico intenso e prolongado, entusiasmo profissional, lealdade, devotamento, capacidade de compartilhar informações, capacidade de trabalhar em equipe, capacidade de resolver conflitos, capacidade de conduzir grupos (comandar), resistência a situações tensas e de alta periculosidade e senso legalista e de discernimento de atitude éticas;

c) Ser consciente de seu papel de cidadão responsável pela segurança, orientação e proteção dos outros cidadãos;

d) Trabalhar em equipe, internamente e com outros segmentos da segurança pública para ações;

e) Utilizar novas tecnologias;

f) Tratar a todos de acordo com os preceitos morais e éticos;

g) Cultivar hábitos de vida sadia;

h) Compreender a necessidade do contínuo aperfeiçoamento profissional.

SITUAÇÃO LEGAL ATO DE CRIAÇÃO: Resolução 009/2002, de 27 de novembro de 2002.

ATO DE RECONHECIMENTO: Curso avaliado, aguardando resultado, Processo CEE nº 160/2010.

COORDENAÇÃO
NOME E-MAIL CARGO FONE FAX
RANNIERY MAZZILLY SILVA DE SOUZA RMAZZILLY@UEA.EDU.BR COORD. PEDAGÓGICO (092) 3214-9244