• AGROECOLOGIA - TECNOLÓGICO
  • CALENDÁRIO
NOME DO CURSO AGROECOLOGIA NÍVEL GRADUAÇÃO GRAU TECNOLÓGICO INICIO DO CURSO 03/2008 CONCEITO DO CURSO ENADE: CEE/AM: PERIODICIDADE SEMESTRAL INTEGRALIZAÇÃO 6 PERÍODOS
SELECIONE O MUNICÍPIO
UNIDADE NUCLEO DE ENSINO SUPERIOR DE BOCA DO ACRE
TURNO MATUTINO MODALIDADE MODULAR NÚMERO DE CRÉDITOS 140 CARGA HORÁRIA MÍNIMA 2850 EM EXTINÇÃO? NÃO PARFOR? NÃO CÓDIGO DO INEP
  • Periódicos da CAPES
  • Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

APRESENTAÇÃO

SOBRE O CURSO O Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia, encontra-se organizado em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais e com a Legislação Interna, com enfoque em questões de caráter sócio-político, econômico e na interdisciplinaridade, assegurando a formação sólida do Tecnólogo em Agroecologia.
ÁREAS DE ATUAÇÃO O Tecnólogo em Agroecologia estará apto a atuar em propriedades rurais, cooperativas, associações, órgãos governamentais e não-governamentais, no manejo dos diferentes sistemas de produção vegetal (horticultura, fruticultura e silvicultura), e dos recursos naturais (solo, fauna, flora, recursos hídricos) e desenvolver ações integradas, que levem em conta a dimensão ética, social, política, cultural, econômica e ambiental dos agricultores familiares da Amazônia.
PERFIL DO PROFISSIONAL O Tecnólogo em Agroecologia formado pela UEA, deverá desenvolver as seguintes competências e habilidades:

a) Contribuir no processo de transição (reconversão) tecnológica dos atuais sistemas agrícolas, nas unidades familiares, para sistemas agroecológicos;

b) Estimular processos de inclusão social e de fortalecimento da cidadania, por meio de ações integradas, que tenham em conta as dimensões: ética, social, política, cultural, econômica e ambiental;

c) Desenvolver ações que levem à conservação e recuperação dos ecossistemas e ao manejo sustentável dos agroecossistemas, visando assegurar que os processos produtivos agrícolas não causem danos ao meio ambiente e riscos à saúde humana e animal;

d) Desenvolver iniciativa, determinação, espírito empreendedor, vontade política e administrativa, que contribuam para as mudanças necessárias nas organizações que pretendam evoluir e atender às novas demandas do desenvolvimento rural sustentável;

e) Dominar o conhecimento básico do manejo integrado de pragas e doenças, do manejo da matéria orgânica do solo, para otimizar os sistemas de produção nos diferentes ambientes amazônicos (Várzea e Terra Firme);

f) Dominar o conhecimento básico dos diferentes sistemas de manejo e produção de pequenos, médios e grandes animais (incluindo aqüicultura, meliponicultura e apicultura), com ênfase nos princípios agroecológicos;

g) Dominar o conhecimento básico dos diferentes sistemas de produção vegetal (horticultura, fruticultura e silvicultura) com ênfase na agroecologia;

h) Dominar o conhecimento do manejo dos recursos naturais (solo, fauna flora, recursos hídricos) e sua utilização com ênfase nos princípios agroecológicos, em beneficio das populações humanas que vivem na Amazônia e consequentemente a sustentabilidade da Região;

i) Elaborar laudos, perícias, pareceres e relatórios técnicos sobre projetos agropecuários no âmbito de sua competência profissional;

j) Elaborar, executar e gerenciar projetos técnicos ou de pesquisa científica com ênfase em agroecologia, proteção e conservação do meio ambiente e que visem eliminar as desigualdades sociais;

k) Estar capacitado para articular e buscar os vínculos entre a Instituição de Ensino e o universo da agricultura familiar, promovendo a socialização do conhecimento construído pelos agricultores no processo de produção agroecológica com a comunidade escolar.

SITUAÇÃO LEGAL ATO DE CRIAÇÃO: Resolução n.016/2007-CONSUNIV, publicada no DOE em 18/09/2007.

ATO DE RECONHECIMENTO: O conceito atribuído pelo Conselho Estadual de Educação do Estado do Amazonas (CEE/AM) por meio de Avaliação Externa, ao curso oferecido em Parintins e Itacoatiara foi 4 (quatro), conforme Resenha N° 112/2012 – CEE/AM, publicada no DOE de 26/12/2012, publicações diversas, pag. 8, referente a Resolução Nº 124/2012-CEE/AM e Resolução Nº 125/2012 CEE-AM.

COORDENAÇÃO
NOME E-MAIL CARGO FONE FAX
FABIO BASSINI FBASSINI@UEA.EDU.BR COORDENADOR - CESIT (092) 3521-5980